Dicas de negócios para quem quer empreender

Michele Miyake
@michelemiyake

Muitos brasileiros têm o desejo de ter o próprio negócio. Segundo o Sebrae, as pessoas buscam empreender por necessidade ou oportunidade e, durante a pandemia, observou-se um aumento significativo de abertura de empresas por pessoas que precisavam complementar a renda ou que foram desligadas do trabalho. Já depois de passado o pico da pandemia, notou-se uma inversão nesse cenário. “Nessa retomada já começam a tornar evidentes sinais de empreendedores que estão abrindo negócios por oportunidade, o que é positivo, já que o empreendedor tende a estar mais atento a detalhes como planejamento, análise de diferenciais e entrega de valor, o que aumentam as chances de sucesso do negócio”, afirma Bárbara Sarto, coordenadora do Sebrae.

Uma pesquisa da Global Entrepreneurship Monitor (GEM), realizada com apoio do Sebrae, em parceria com o Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade (IBPQ), divulgada em outubro de 2021, mostrou que 50 milhões de brasileiros que ainda não empreendem querem abrir um negócio nos próximos três anos.

Mas como escolher onde atuar?

Segundo a consultora do Sebrae, uma dica é olhar para as oportunidades do mercado, aquilo que está em alta no momento. Ela explica ainda que é importante tentar combinar com algo que seja prazeroso e de preferência, que a pessoa tenha alguma técnica, algum entendimento.

Para te ajudar a escolher um caminho, separamos algumas dicas de negócios. Entre elas, vamos falar das franquias, modelos já formatados de negócios e que podem ser uma boa porta de entrada. Uma delas é a Elav Lavanderia (@elavfranchise), uma franquia que começou em Varginha, no Sul de Minas e já conta com 72 unidades e mais de 7 anos de experíência no mercado.

Então vamos à lista com mais dicas:

Faça e venda

Essa é uma ótima opção para quem quer empreender individualmente e as oportunidades são as mais variadas. Sem dúvida, a mais comum é cozinhar para vender. Para quem gosta de fazer pães, bolos, tortas e tem talento pra isso, este é um mercado sempre promissor. Neste caso é preciso estar atento às regras da legislação sanitária vigente. É importante também levar em consideração detalhes como embalagem, data de validade e armazenamento correto. A falta de atenção a esses itens pode gerar um problemão. É necessário definir ainda onde e como será feita a comercialização: revenda em algum comércio, opção pela venda de porta em porta ou ainda delivery. Lembrando que tem que caprichar na apresentação do produto.

Mostre seus dons

Fazer artesanatos, maquiagens e penteados, fotografar eventos são opções para quem quer ser seu próprio patrão. Fazer cursos pode te ajudar a melhorar o serviço oferecido e deixar tudo com uma cara bem mais profissional. Uma dica é investir na divulgação, que pode ser feita de forma bem fácil pelas redes sociais. Aliás, plataformas como Facebook, Instagram, Tik Tok e Pinterest são ótimas vitrines.

Venda tudo

Outra opção para quem não quer mais ser empregado é vender. Neste caso você pode optar por produtos de catálogos, como cosméticos e utensílios domésticos ou ainda roupas e calçados. Uma dica é você conhecer bem os produtos que vai oferecer. Muitas empresas oferecem treinamento e informação. Muitas consultoras optam por ter produtos em estoque para atender à clientela de forma mais rápida. Oferecer formas de pagamento como cartão ou pix também são um diferencial.

Negócios digitais

Hoje sem dúvida o mercado digital é um dos mais promissores. Uma característica que chama a atenção é que ele vem atraindo a atenção dos jovens, que estão vendo nele a oportunidade de empreender. O e-commerce, por exemplo, não para e este pode ser o momento para quem quer apostar na criação de uma loja virtual. Hoje há várias opções para vender de forma on-line, sejam em plataformas já consolidadas como Mercado Livre e Shopee ou você pode apostar num site próprio. Lembrando que é essencial observar questões de estoque, embalagem, prazo e canais de entrega e ainda política de devolução e troca. Também não se esqueça de observar as questões legais.

Abra uma franquia

Agora se você quer uma opção pronta a dica é apostar em uma franquia, que são negócios que, certamente, já foram testados no mercado e já têm uma marca pronta. O Portal do Franchising lista 10 vantagens em se torna um franqueado. Uma delas é que a franquia já é uma marca reconhecida e outra é o apoio que a franqueadora é capaz de oferecer. Esse é o caso da Elav Lavanderia, fundada pelo empresário Fernando Vigato em 2015. Segundo Vigato, os empreendedores que optam por abrir uma franquia da Elav Lavanderia recebem suporte diário para auxiliar em todas as questões, entre elas a parte burocrática e de gestão financeira. Outros benefícios que o franqueador cita sobre as franquias são o know-how da franqueadora que é repassado ao franqueado, treinamento completo e a parceria com marcas sólidas.

Se você se interessou em conhecer mais sobre a Elav Lavanderia pode acessar o site www.elavlavanderia.com.br. Lá tem todas as informações necessárias pra você que quer se tornar empreendedor. Você também pode procurar pela @elavfranchise nas redes sociais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Adquira uma Franquia eLav

Baixo Investimento

Comece com R$ 59 Mil reais*

Negócio Completo

Do Planejamento à Execução

Suporte Premium

Você Nunca Estará Sozinho(a)

Preencha os dados,
Baixe o e-book e SAIBA TUDO sobre como montar uma "Lavanderia, o Negócio do Futuro"